Comunicação total, integrada e eficaz.
Fale Conosco (11) 3824-4200
Releases

MARIANA IANELLI INVOCA E RECRIA MEMÓRIAS EM SEU OITAVO LIVRO
DE POESIAS, “TEMPO DE VOLTAR”

Em 36 poemas, autora revê histórias, cenários e rostos que habitam
o passado, mas que também podem retornar ciclicamente ao presente

 

Escritora paulistana, Mariana Ianelli lançou seu oitavo livro de poesias, “Tempo de Voltar”, pela editora Ardotempo.  A obra reúne 36 poemas, um deles mais longo (Cave Canem!”), merecendo uma seção à parte, e outros quatro que formam a série intitulada “Quatro Poemas Para Oratórios-Bala”.

 

O título remete à memória de coisas passadas e também do que é cíclico e retorna de novo nascente. Pinturas, alegorias bíblicas, cantos paralelos aos de outros poetas se somam a legados históricos e familiares para dar contornos ao livro.

 

Caixa de texto: Lugares
Onde fizemos memória 
são lugares que já não existem, 
camas de casa, mercados de Damasco 
cidade dourada, templo de Palmira – 
tudo transmigrado, repatriado em fábula 
e entre as palavras muitos cigarros votivos, 
muitas noites de intervalo musical 
sem morada, sem registro, muitos dias.

As recordações vão desde detalhes antes mal percebidos da velha casa dos avós até vozes, rostos e estrelas da Segunda Guerra, passando por lugares agora inexistentes, refeitos em fábula, e mesmo à revelia da vontade, por um infante defunto como a inocência já morta em cada adulto. Dos tempos que existem para cada coisa, em seus poemas também há uma fresta para oração particular, em que a autora volta-se para dentro, disposta a rever tudo e todos que deste mundo já se ausentaram.

 

Cada seção do livro é aberta por uma foto: o memorial de estrelas e flamas do Campo de Westerbork, na Holanda, com radiotelescópios ao fundo, antigo local de deportação de judeus e ciganos onde atualmente funciona um observatório; o claustro do Santuário do Caraça, em Minas Gerais; e a Praça do Pelourinho, em São João Del Rey.

“Com sua violência surda e sua força de presença, essas três imagens sugerem ser marcos de leitura e de memória: três dimensões do tempo humano que ecoam nos poemas do livro”, comenta Mariana Ianelli.

 

Para a poeta Maria Lucia Dal Farra, que assina a orelha do livro, “Tempo de Voltar” traz sílabas, ritmos, música e haustos que testemunham a precisão absoluta daquilo que mal chegou à vida e do que poderá vir a vingar:

 

 “Poética da memória e do porvir, da devolução do que se esqueceu, do que ainda se persegue e se ignora, ela transfunde o tempo que se foi que se segue, esculpe um pendular imóvel – puro milagre de linguagem”, diz.

 

Já o ensaísta Marco Lucchesi ressalta o compromisso da autora com o elemento primordial, a terra, o centro, o regressus ad uterum, onde não há fronteira entre o sono e a vigília. “A bela poesia de Mariana é água clara e fresca de poço profundo. O lençol freático de sua poesia nos dessedenta, inesgotável. Comove. E arrebata”, conclui.

 

A Autora

 

Mariana Ianelli, nascida em São Paulo, mestre em Literatura e Crítica Literária, é autora dos livros de poesia  Trajetória de antes, Duas chagas, Passagens, Fazer silêncioAlmádenaTreva  alvorada e O amor e depois, todos pela editora Iluminuras.

 

No ensaio, é autora de Alberto Pucheu por Mariana Ianelli, da coleção Ciranda da Poesia, pela editora UERJ. Estreou na crônica em 2013 com o livro Breves Anotações Sobre um Tigre, pela editora Ardotempo.

 

Tem participação em antologias brasileiras e estrangeiras, revistas literárias nacionais e internacionais. Em 2008 recebeu o Prêmio Fundação Bunge (antigo Moinho Santista), Literatura, na categoria Juventude, e em 2011 obteve Menção Honrosa no Prêmio Casa das Américas (Cuba).

 

Foi três vezes finalista do Jabuti, com os livros Fazer silêncio, Almádena e O amor e depois.

TEMPO DE VOLTAR

Mariana Ianelli

Editora Ardotempo

2016 – ISBN nº 978-85-62984-45-7
104 páginas. Preço sugerido: R$ 30

Capa: Reprodução de tela figurativa de Arcangelo Ianelli (avô da autora)

 

 

Site oficial: http://www2.uol.com.br/marianaianelli

 

 


Galeria de Fotos
Rua Dr. Albuquerque Lins, 537 salas 87/88 - Santa Cecília
CEP: 01230-001.
São Paulo - SP
Editor - Edison Paes de Melo®
Todos os direitos reservados
Desenvolvimento de sites: Qube Design